domingo, 23 de novembro de 2014

Bertioga - Balsa Bertioga- Guarujá

Bertioga - Balsa Bertioga- Guarujá

Estivemos em Bertioga ontem dia 22 de novembro para um bate e volta rápido, e aproveitamos para conhecer o novo Atracadouro da Balsa Bertioga-Guarujá 
O atracadouro agora fica localizado no final da rua Henrique Costábil e reduziu o trajeto em 200m com a travessia passando de 20 para 14 minutos.
O antigo pedágio da Dersa, localizado no final da Av. Anchieta também está desativado,ciclistas e pedestres continuam com o serviço gratuito,em ambos os sentidos, para carros e moto o pagamento é realizado nos dois sentidos.
  Área coberta para pedestres esperarem as balsas
Prédio do Centro de Controle Operacional
bolsão de estacionamento
Balsa
Comparação de trajetos Balsa Bertioga-Guarujá

  • TARIFASValores das tarifas
  • Tipo de veículo
  • Dias úteis
  • Sábados, Domingos e Feriados
  • Motocicletas, Motonetas, Ciclomotores, Carrinhos de Sorvete e Similares
  • R$ 4,90
  • R$ 7,40
  • Automóveis e Camionetes
  • R$ 9,70
  • R$ 14,60
  • Automóveis e Camionetes com reboque
  • R$ 19,60
  • R$ 29,40
  • Ônibus e Caminhões com 2 eixos, Tratores, Tratores com reboque, Traillers
  • R$ 34,20
  • R$ 51,30
  • Ônibus e Caminhões com 3 eixos
  • R$ 78,10
  • Impedido
  • Caminhões com reboque ou semi-reboque
  • R$ 97,60
  • Impedido
  • Veículos transportadores de inflamáveis
  • R$ 69,20
  • R$ 103,80
  • Carros Forte - Litoral Centro
  • R$ 386,10
  • Impedido
  • Carros Forte - Litoral Sul
  • R$ 639,30
  • Impedido
  • Resolução SLT – STM – 001, de 30/06/2014 (em vigor desde 02/07/14).

    OBSERVAÇÕES
    1 - 
    As bicicletas, bem como, seus respectivos condutores, terão isenção de qualquer pagamento.
    2 - Portaria 4 de 05/05/89, Delegacia da Capitania dos Portos de São Paulo: "Os veículos com inflamáveis e/ou explosivos deverão ser transportados em balsas especialmente designadas para esse fim, não podendo em hipótese alguma, serem transportados outros tipos de veículos na mesma balsa". Estas tarifas são cobradas nos pedágios de Cananéia e Juréia.
    3 - Os carros-fortes, deverão ser transportados em balsas especialmente designadas para esse fim, não podendo em hipótese alguma, serem transportados outros tipos de veículos na mesma balsa.
    4 - Para travessias: Guarujá-Bertioga e Cananéia-Continente a cobrança deverá ser feita nos dois sentidos, sendo cobrado em cada sentido de operação a metade da tarifa vigente.

sábado, 25 de outubro de 2014

“A Cidade dos profetas”- Congonhas-MG

”Oh Minas Gerais! Quem te conhece não esquece jamais.”

Congonhas do Campo conhecida como “ A cidade dos profetas"  está localizada a 80 km de Belo Horizonte,  tem como  principal atração turística  o Santuário do Bom Jesus de Matosinhos e as esculturas em pedra sabão de 12 Profetas de  Aleijadinho além da Via Crucis composta por seis capelinhas com 66 imagens representando a Paixão de Cristo.



A Cidade dos Profetas
Vista do mirante da Basílica 
Basílica do Senhor Bom Jesus de Matosinhos
Os 12 profetas: Jeremias, Isaías, Daniel, Obadias, Habacuque, Jonas, Ezequiel, Joel, Abdias, Naum, Amós e Baruc, estão espalhados pelo pátio da Basílica do Senhor Jesus de Matosinhos, foram  esculpido pelo Aleijadinho em pedra sabão, no século XVIII
Profetas de Aleijadinho
Profetas de Aleijadinho
Profetas de Aleijadinho
Profetas de Aleijadinho
Profetas de Aleijadinho
Profetas de Aleijadinho
Profetas de Aleijadinho
Profetas de Aleijadinho
Profetas de Aleijadinho
Profetas de Aleijadinho
Capelas dos Passos da Paixão de Cristo: ceia, horto, prisão, flagelação, coroação de espinhos, cruz às costas e crucificação.

Capelas dos Passos da Paixão de Cristo
Capelas dos Passos da Paixão de Cristo
Capelas dos Passos da Paixão de Cristo
Capelas dos Passos da Paixão de Cristo
Capelas dos Passos da Paixão de Cristo
Os principais atrativos de Congonhas são: Basílica Santuário do Bom Jesus de Matosinhos, Romaria, Igreja de Nossa Senhora da Conceição, Igreja do Rosário, Museu da Imagem e Memória e o Parque da Cachoeira.

Horário Basílica: terça a domingo, das 8 às 18 h. Entrada franca.
Como chegar: Saindo de BH pela BR-040 sentido Rio de Janeiro  ou de ônibus que partem da Rodoviária de BH em dois horários 7h e as 10h15.
Latitude 20º29'59" sul X longitude 43º51'28" oeste

sexta-feira, 27 de junho de 2014

Dicas - Ideias para usar no camping

Ideias para usar no camping

Pesquisando na net encontrei algumas ideias bem legais que podemos adaptar para uso no camping.

Pacotinho de café

Utilizando filtro de papel ou guardanapo podemos fazer o café como se fosse um chá de saquinho.
Saquinho de café

1. Posicione um filtro de café no fundo de um copo

2. Adicione 1 colher de café 
3. Usando fio dental, barbante ou fio de tapeçaria, amarrar o saquinho fazendo um nó firme
4. Corte o filtro deixando uma sobra.
5. Armazene os saquinhos de café em embalagens seladas.



Porta papel higiênico

Ótima forma de proteger o papel higiênico 


Porta papel higiênico 
Porta papel higiênico 

1. Utilize uma embalagem plástica 

2.Faça um furo na tampa e um no fundo
3. Passe um barbante fazendo um nó em cada uma das pontas
4. Corte o espaço para passar o papel higiênico


Temperos em canudinhos

Seus condimentos preferidos sem ocupar espaço
Porta temperos

1. Com a ajuda de um alicate e isqueiro sele a ponta do canudo

2. Preencha o canudo com o tempero de sua preferencia 
3. Deixe aproximadamente 1cm sem tempero
4. Sele a outra ponta usando o alicate e isqueiro


Placas de Eva

Protege contra o frio e deixa a barraca mais confortável 


Piso de Eva
Placas de eva podem ser utilizadas como contra piso.


Protetor para fiação


Protetor fiação

Para proteger os fios da umidade corte um furo em cada lado de um pequeno balde ou lata deixando as ligações longe do chão


Porta papel Toalha
Porta papel toalha
Utilize um corda elástica tensora para prender o papel toalha na grade do gazebo

Porta tudo



Utilize uma sapateira para porta como porta objetos


E você tem outras dicas?

terça-feira, 20 de maio de 2014

V Encontro dos Blogs Campistas

V Encontro dos Blogs Campistas

Finalmente 



VALORES
Com reserva antecipada
R$ 18,00
Sem reserva antecipada
R$ 25,00
Criança de 7 à 10  
Meia
Criança de 0 à 7
Grátis

Reservas diretamente com o camping:
E-mail:grutadosanoes@hotmail.com
Telefones: (19) 3481-2922 / (19) 3481-3803

Regras
Liberado
Frigobar e Televisores
Proibido
Equipamentos que utilizem resistência (grill,churrasqueira, aquecedores, etc )

Mais novidades serão divulgadas nos blogs e no grupo do facebook:

sábado, 19 de abril de 2014

Dicas - corrente de retorno

CORRENTE DE RETORNO _ATUALIZADO 19/04/2014
É mortífera para quem se desespera quando cai em uma, mesmo estando no raso, são responsáveis por 80% dos afogamentos.

Esta é uma corrente de retorno, comum em varias praias

Corrente de Retorno
A corrente de retorno pode ter a velocidade de 2 a 3 metros por segundo e sua força chega até a parte de trás da Zona de Impacto das ondas, projetando-se para dentro do oceano.


É importante que leiam todos os cuidados constantes nesta postagem.
Para identificar uma corrente de retorno, agueiro, canal, refluxo, ressurgência, gola ou lagamar basta observar que:
Corrente de Retorno (gola,agueiro)


  • É o lugar mais escuro no mar;
  • É o lugar onde não quebra onda ou quebra uma menor quantidade de ondas;
  • É o lugar onde percebe-se um rio em direção ao mar;
  • Escavações na areia em frente às valas;
  • Água marrom e descolorada, devido à agitação da areia do fundo, causada pelo retorno das águas;
  •  Água mais fria após a linha de arrebentação, significando o retorno de águas mais profundas;
  • Local por onde o surfista experiente geralmente entra no mar;
  • Pequenas ondulações na superfície da água, causando um reboliço, em virtude da água em movimento
  • Ocupação de uma faixa maior de areia, devido ao maior volume de água, provocando uma sinuosidade ao longo da praia (boca da vala);
Corrente de retorno

O que fazer se for apanhado por um?
  • Deixar-se ir com a corrente, mantendo-se sempre à tona de água utilizando os braços e pernas para garantir a sustentação.
  • Independentemente de estar ou não em afogamento deve iniciar um pedido de ajuda para terra garantindo assim a máxima ação de segurança e possível resgate se necessário.
  •  Alguns metros mais à frente a gola perde intensidade e verifica-se que a velocidade da corrente diminuiu, neste caso deve iniciar a natação paralelamente à praia, desviando-se para o lado até deixar de sentir resistência.
  • Após verificar que não está sobre influência de correntes contrárias deve descansar boiando algum tempo e seguir nadando em direção a terra utilizando neste caso as ondas favoráveis para a sua locomoção.
  • Você pode ainda ficar boiando e pedir ajuda. Desde que você saiba manter-se na superfície, nada irá puxa-Io para o fundo.
  • Se começar a sentir cansaço deve de imediato pedir ajuda, neste caso deve-se levantar apenas um braço mexendo-o no ar.
  • Não deverá utilizar os dois braços em simultâneo ou gritar freneticamente, pois perderá rapidamente a sustentação à tona de água e aumentará o cansaço, podendo ocorrer a submersão.
  • Após sair da água deve-se  descansar e recorrer a um posto médico.

As correntes de retorno podem ser classificadas da seguinte forma:

  • Fixas: Localizadas em cantos de pedra como costões, molhes e piers, permanecem na mesma área por vários meses ou anos, pois fundo e condições físicas nesses locais sofrem poucas mudanças. São formadas pela convergência de correntes laterais para o canto de pedra ou pela ocorrência de grandes ondas que elevam rapidamente o nível de água.
  • Permanentes: ocorrem em determinados pontos das praias rasas, intermediárias e de tombo. Uma vez estabelecidas, podem durar vários dias ou meses, dependendo da movimentação de areia. São formadas por sulcos profundos escavados na areia, condições favoráveis para o retorno das águas no sentido do mar.
  • Temporárias: ocorrem em determinados pontos das praias rasas, intermediárias e de tombo. Apresentam sulcos pouco profundos, sem estabilidade e duram apenas algumas horas. Este tempo irá depender da movimentação de areia pelas correntes laterais. As ondas que se rompem colocam a areia em suspensão, facilitando o transporte dos grãos e desaparecimento dos sulcos.
  • Instantâneas: ocorrem logo após grandes séries de ondas se aproximarem da praia, trazendo um grande volume de massa líquida, formando um refluxo de água que retorna para o oceano. Não existe a formação de sulcos no fundo, desaparecendo rapidamente.  São bastante comuns nas praias de tombo devido à inclinação, e intermediárias em virtude da proximidade das ondas em relação à praia.


Fonte: Hotel Taperapuan 

Dúvidas? comente

quarta-feira, 26 de março de 2014

Atibaia - Trilha para Pedra Pequena

Atibaia - Trilha para Pedra Pequena

O Camping Pedra grande oferece várias opções de trilhas, com saídas previstas para as 10h, no período que estivemos lá, as trilhas foram para Pedra Grande, Pedra pequena e Gruta

Aguardando o grupo para ir à Pedra Pequena
Fotos antes da Pedra Pequena
A trilha inicia-se dentro do camping a direita próximo ao Chalesão


Início da trilha
Trilha para Pedra Pequena
Trilha para Pedra Pequena
Nem começou e o povo já estava morrendo
Trilha para Pedra Pequena
Uma pausa para o descanso
Apenas contemplação
Visual do Plato
Foto no fim da Trilha, SQN
Pedra Grande vista da Plato
Apenas contemplação
Depois de fazer uma rápida parada continuamos a trilha para a Pedra Pequena
Hora de continuar
Trilha para Pedra Pequena
Em menos de 5 minutos, chegávamos finalmente a Pedra Pequena ela é tão bonita quanto a Pedra Grande e praticamente não tem turistas.

Finalmente a Pedra Pequena
Pedra Pequena
Pedra Pequena
Pedra Pequena
Aproveitando a paisagem, o ar fresco e o tempo para refletir, refletir e perceber o quanto  sou feliz 
Alguns minutos de descanso
Piscina do camping
Vista do Camping a partir da Pedra Pequena
Agora sim foto no fim da trilha
Foto no fim da trilha - Pedra Pequena
Se você está  procurando uma trilha bem marcada e fácil de seguir não será isso que irá encontrar. 
O início da trilha é bem simples,porém depois de alguns áreas bem demarcadas quando você achar que é para continuar subindo na verdade terá que descer (!?!) para finalmente conseguir acesso ao plato e depois seguir por ele até a pedra pequena, já para voltar é só descer todas as trilhas levam ao camping.