domingo, 28 de abril de 2013

Monte Verde - Platô


Trilha do Platô

Acordamos cedo, aguardamos o café do camping, que foi servido + ou - as 9h, um ótimo café da manhã preparado pela D.Irene, café, leite, achocolatado,pão francês e pão de queijo. 
Depois do café, com um lindo dia de sol, resolvemos colocar a lona na barraca de apoio, fixando na parte de trás e prendendo no quiosque (essa informação será importante depois) e sair para  conhecer as trilhas, Plato, Chapéu do Bispo e Pico Selado, tínhamos alguns mapas e pouca informação.

Guia do CAT totalmente fora da escala

Outro mapa

A estrada para a trilha inicia-se ao lado do Banco Bradesco, subindo a direita pela Rua Mantiqueira e só seguir sempre subindo e acompanhando as placas com setas que indicam Platô, Chapéu do Bispo e Pico do Selado, 



Rua Mantiqueira

Placa indicativa

Quando chegamos aqui achamos que tínhamos errado em algum lugar, depois desta caixa d´água e só subir um pouco e deixar o carro estacionado.

Subindo mais um pouquinho

Café Platô onde deixamos o carro estacionado.

Parada para algumas fotos e seguimos subindo 

Placa indicando os tempos até o Platô, Chapéu do Bispo e Pico do Selado, gastamos bem mais



Início da trilha

Uma trilha fácil, mas cansativa

Um dos mirantes

 Um riacho, água limpa e gelada,que passa no meio da trilha, salvou o dia, esquecemos a água no carro

Primeira vista depois da trilha, precisa andar mais um pouquinho a esquerda para chegar no Platô



Lugar de paz

Um tempinho para descansar

Indicação para o Pico Selado, entramos na trilha, mas depois de andar um pouco tivemos a impressão que não tinha mais nada pela frente, ou melhor, que a trilha não estaria marcada,  preferimos não arriscar

De repente o tempo virou e o lindo dia de sol se transformou num vento forte e muitas nuvens 
Decidimos então descer rapidinho.

Pequena minhoca que encontramos no caminho

Mais água para continuar descendo

Pegamos o carro e resolvemos almoçar. 

Dúvidas? comente

quarta-feira, 24 de abril de 2013

Monte Verde - Compras - Parada da fonte


Parada da Fonte - Pinga de Banana

Tentamos conhecer a prainha que será meu próximo post, na volta paramos no Parada da Fonte – Estrada de Monte Verde próximo a Melhoramentos, compramos cachaça de banana, pimenta e uns copinhos de bambu.
Conhecemos a Vera, uma paulista que mora em Camanducaia há 20 anos, super simpática, prestativa que realmente cativa seus cliente, nasceu para atender.

Parada da fonte



Muitas cachaças e licores

Vários tipos de queijos

Servindo a pimenta furiosa na torrada


Pingas "fraquinhas"

Nossas comprinhas

Vera super simpática

A cachaça de banana é uma delicia, feita artesanalmente com bananas naturais, envelhecida e engarrafada, é a melhor cachaça da fruta que já provei.
Os copinhos foram lindas lembranças para eternizar o momento.

Tel: 35-8447-7020

E-mail: vlmiranda1@hotmail.com

Dúvidas? comente

segunda-feira, 22 de abril de 2013

Monte Verde - Camping

Estivemos no Recanto dos Bambus antes do pessoal que marcou de acampar no natal e acabamos indo embora antes também.
O camping fica no km 25 da estrada de Camanducaia para Monte Verde, tivemos que prestar bastante atenção nas marcações, já que a entrada para o camping é um pouco escondida.
Chegando ao camping fomos recebidas pela simpática D. Irene, que por estar chovendo nos ofereceu um quarto de casal instalado no mezanino do portal do camping, conhecemos as instalações, agradecemos, mas preferimos ficar na área de camping,um local simples, gramado, com quiosque e churrasqueira.
Depois de escolher a área que iriamos ficar decidimos conhecer a cidade, retornamos ao camping ao anoitecer montamos a barraca e jantamos.

Irei mostrar um camping diferente dos amigos que estiveram lá no natal, chegamos no camping dia 18/12 e saímos dia 21/12, tenho certeza que os amigos que chegaram para o natal encontraram um local diferente, já que quando estávamos de saída chegou uma senhora para realizar a limpeza do local.

Área de café da manhã


Vista da piscina


Área com fogão, geladeira.
Apesar de conversamos com a D. Irene, informando quando chegaríamos  a geladeira estava desligada e suja e não tinha gás instalado no fogão.  



Área dos banheiros
Infelizmente não foi limpo na nossa permanência no camping


Quiosque com churrasqueira.
Tivemos de nos esconder lá, depois que uma chuva no segundo dia, retirou a cobertura da nossa barraca auxiliar e molhou quase todas as nossas coisas.


Piscina 


A piscina também estava suja quando chegamos e permaneceu assim até o dia que saímos


Lago com pesque e pague, a D. Irene informou que os peixes são abastecidos as segundas.

Mais fotos do camping












Não pretendemos com isso desmerecer o local, mas ficamos decepcionadas, avisamos a D. Irene que iriamos e mesmo assim o camping parecia abandonado, bem diferente das fotos que acompanhamos depois de nossa estada.

Dúvidas? comente

sábado, 20 de abril de 2013

Monte Verde - Reconhecimento Territorial

Acordamos um pouco  tarde e tomamos um café da manhã demorado, depois de arrumar o carro pegamos a rodovia Ayrton Senna, nosso destino Fernão Dias (BR-381) até a cidade de Camanducaia, e de lá 30 km até o distrito de Monte Verde,  o percusso é feito em estrada de  faixa simples, com belas paisagens e com muitas curvas sinuosas.

Mapa

Portal da cidade


Avenida principal,  com vários restaurantes e lojas, de roupas, chocolate, a cidade é pequena fizemos tudo a pé.





Várias galerias

Arquitetura inspirada nas cidades europeias

A cidade estava tranquila

Durante a semana, Monte Verde costuma ficar vazia e vários comércios não abrem.

Cidade enfeitada para o natal
  


Diversas lojinhas de artesanato, decoração


Um lugar muito gostoso de visitar